Acender uma fogueira

  

9
Deixe um comentário

avatar
7 Comentários do tópico
2 Respostas do tópico
1 Seguindo
 
Comentários mais recentes
Comentários mais relevantes
8 Comentários do autor
Paulo Vinicius F, dos SantosMorro BrancoRafaelAline TeixeiraVitória Comentários recentes do autor
  Inscrever  
recentes antigos mais votados
Notificação de
Débora
Visitante
Débora

Que conto maravilhoso! Uma escrita belíssima. Obrigada por disponibilizar.

Felipe Vergara
Visitante
Felipe Vergara

MT BOM AAAAAAAAAAAAAAAAAA

Eduarda Petry
Visitante

Nunca tinha tido contato com a escrita do Jack London, mas esse conto me deu muita vontade de ler mais obras do autor. Meu corpo foi congelando junto com o do protagonista, tão rica é essa narrativa! Mais uma vez, obrigada, Morro Branco!

Vitória
Visitante
Vitória

Um belo conto, fiquei sem reação mesmo sabendo que o fim seria aquele. Foi uma ótima iniciativa, parabéns Editoria Morro Branco.

Aline Teixeira
Visitante

É a primeira vez que leio o autor e, caramba, que desespero! Ele conseguiu passar todas as sensações do personagem para mim enquanto lia. É aquele tipo de escrita para ler na época certa. Se eu senti frio congelante no calor que está aqui, imagina lendo esse conto no inverno? Seria desesperador, mas a experiência seria ainda mais intensa do que já foi.

Morro Branco
Admin

Jack London tem mesmo esse poder de nos transmitir todas as sensações. Nossa equipe também ficou impactada aqui! hahahaha. Ficamos felizes quando as pessoas também sentem. Agradecemos pelo comentário, Ali! ♥

Rafael
Visitante
Rafael

Incrível! Segurei a respiração em vários momentos do conto. O Projeto Cápsula é genial!

Morro Branco
Admin

Que bom que você gostou! Agradecemos pelo comentário!

Paulo Vinicius F, dos Santos
Visitante

Conhecemos Jack London principalmente por causa de suas histórias O Lobo do Mar e Caninos Brancos. Logo de cara é possível comentar sobre o quanto o autor consegue criar uma narrativa que vai enredando o leitor progressivamente. Ele não tem pressa em contar a história. Ao escolher meticulosamente as palavras a serem encadeadas, a narrativa ganha fluidez e harmonia. Logo, uma narrativa que parece ser comum ganha todo um sentido maior devido à forma como ela progride. Por exemplo, em O Lobo do Mar, o autor lentamente constrói a relação do protagonista com o ambiente em que ele vive. Por… Read more »



   |